A morte morrida

Em tempos de reclusão forçada, onde o isolamento promove, à revelia da gente, uma profusão de pensamentos, e assistindo canais realmente produtivos, não essa porcaria brasileira, esse lixo que roda aqui em terras onde quem tem um olho cego é rei de todos os outros olhos, o choque de realidade chega a ser um tabefe... Continuar Lendo →

Um grito de dor para quem sente a dor

Uma mãe grita para Bolsonaro, "Eu não quero dinheiro do governo federal, eu quero o meu trabalho de volta. Meus filhos vão começar a passar fome"! "Por favor, presidente", repete a mãe agoniada. Esse é o povo que geme de dor, por causa de decisões politiqueiras de governadorezinhos de bosta, de politiqueiros de meia tigela.... Continuar Lendo →

A Gansa dos Ovos de Ouro dos tolos

Sim, estamos vivendo um redemoinho de emoções, em meio a uma pandemia que nasceu num país onde simplesmente não há controle do que sua população faz no dia a dia. O mundo sofre hoje a irresponsabilidade dos líderes chineses, que foram incompetentes e covardes para detectar um vírus que, mais perigoso pela letalidade, o é... Continuar Lendo →

Um sopro de vida líquida

Chove! O que pensei, "tinha secado", torna É como se minha alma, drenada, surgisse em mim de uma viagem longínqua Como se a pele, escamada de sol, mergulhasse num lago profundo Como se todo o mundo fosse lambido de vida E a própria vida do meu país florescesse dentro um jardim com brisas frescas líquidas... Continuar Lendo →

A tão vital respiração, antes de prosseguir

Tenho pensado sobre o que está em jogo na arena das discussões, dos entreveros existenciais, das vontades, dos desejos individuais, dos sonhos pessoais, ideias, doutrinas, visões íntimas... E aquilo que a realidade nos devolve, sem que tenhamos mais domínio sobre ela. Então me vem essa soberba existencial de acharmos que o que sai da gente... Continuar Lendo →

O Monstro, o Médico e a Globo

O caso Drauzio, Fantástico e a Trans Infanticida Suzy é um típico desenlace para os tempos em que resolvemos desconstruir os códigos morais que nos trouxeram ate aqui. Estamos recebendo de volta tudo aquilo que cultivamos. Porque tudo volta para o ponto de partida de onde se originou tanto o Bem quanto o Mal. Os... Continuar Lendo →

Quando o piá de bosta comanda o adulto

Tenho visto muita coisa nessa vida, acompanho a história do meu país há 61 anos. Os primeiros anos como observador, outros como um completo desconhecido, outros como lutador solitário que só olhava o umbigo e outros como um crítico. Porque, enfim, despertei, de tanto ver o ignóbil vestir-se de corrente política, partido político, viés, bandeira.... Continuar Lendo →

Poema de reconstruir a Arte

Ela não é a parte, ele não tem uma lógica incomum, ela não é apenas um, ela não pensa por si, ela provoca o pensar além de si, além do que se vê e se sente. A Arte é diferente sim, mas jamais um tiro despropositado, um projétil que parte enfurecido provocar uma agonia qualquer.... Continuar Lendo →

WordPress.com.

Acima ↑