Voltaram os cobradores de impostos do Rei?

Não, não são só os políticos que estão na berlinda não! Não é só o modelo político nacional que merece ser investigado e revisto. Não são só as empresas que prestam serviços à nação que devem ser fiscalizadas. As entidades federais todas devem entrar neste furdunço. Porque para mim, é impossível entender que a Receita Federal, por exemplo, não tenha sequer desconfiado de tanto dinheiro circulando sem origem honesta e nunca tenha sequer encontrado disparidades entre as contas e os patrimônios particulares da bandidagem.

É até bonito ver auditores federais gritando pela ética, como se eles mesmo não tivessem culpa também deste caos onde o descontrole meteu o Brasil.

Você já se perguntou “Como uma entidade que tem a obrigação de checar números, depósitos, comparar patrimônio com salários, relacionar bens com a capacidade de comprá-los nunca percebeu que nossos digníssimos congressistas e funcionários públicos envolvidos nas maracutaias tinham conquistas incompatíveis com a grana não podre em seus proventos? Como nunca se notou nada de estranho?”.

Você já se perguntou “Como é que a Receita Federal é tão feroz e clínica quando checa a sua declaração de imposto de renda que varia entre um cacho de banana, uma casinha pra morar, um automóvel daqueles bem comuns e um chinelo de dedos novo… E desconhece a declaração de renda dos políticos, ricos, magnatas, dos poderosos donos de partidos, dos coronéis ideológicos, de ministros facínoras, senadores fraudulentos, deputados calhordas, empresários bandidos?”.

Não te parece que a Receita Federal esteve revivendo os antigos cobradores de impostos do Rei na Idade Média, que saqueavam as vilas, tirando o alimento da boca dos filhos dos miseráveis, para engordar as despensas reais e sustentar os lordes e suas famílias?

Sinceramente me dá náuseas ver auditores da Receita querendo comprar em nome do cidadão uma causa que nunca foi deles! Me dá enjoo saber que, por não cumprirem suas obrigações como funcionários do Povo, se instalou no seio deste Gigante Verde Cego e Rengo um verdadeiro paraíso para corruptos.

Precisamos rever também órgãos como a Receita, a Polícia Federal, Estatais, Fundações, Judiciário, Congresso, Oligarquias e correlatos que nadam no mar gostoso da estabilidade de emprego, atacar todas as fortalezas que sugam a contribuição do cidadão e retribuem com a pior prestação de serviço entre todos os países desenvolvidos do planeta.

Precisamos separar o joio do trigo! O joio deve ser expurgado na vida nacional com honras de enfiar um pé na bunda. Separar as pessoas que vão aproveitar o momento de fragilidade nacional para se misturar aos bons, de maneira a escapulir sorrateiramente da responsabilidade por sua ação ou inação diante dos fatos grotescos e da vergonha porque estamos passando como nação.

Como o Estado Islâmico no conflito na Síria, muita gente daqui vai se fantasiar de herói para escapulir, quando na verdade são tão bandidos quanto os bandidos já conhecidos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: