A vida nos dá uma segunda chance

Quando Dilma sofreu impeachment O STF presenteou ao Brasil com a mediação de um magistrado chamado Ricardo Lewandowski…! E a nação começou a entender que, se depender do Supremo Tribunal Federal, a população está sozinha.

Numa  leitura satânica da lei, o eminente juiz do STF, a última instância da Justiça nacional, simplesmente cassou a função de presidenta e liberou Dilma para continuar na vida pública. Um horror! Mas perfeitamente compreensível num país doente como o nosso, um país que continua suportando a ingerência de um mafioso como Lula.

Mas, a vida sempre nos dá uma segunda chance, mesmo que não a mereçamos enquanto país. Sim, nós enquanto cidadãos já traímos demais este território por inúmeras razões: oportunismo, preguiça, lentidão mental, ignorância, mentalidade de escravo que perdeu a dignidade, devaneio moral…

A história ainda sim, nos concedeu mais uma oportunidade e ela vem na condição de chutar Temer da presidência da república dos bananas. Sim, a história ainda acredita no Brasil e temos nas mãos do famigerado Parlamento Legislativo, também chamado de Casa da Mãe Joana, Bordel da Ganância, Inferno dos Prazeres, Trem da Alegria, uma condição inusitada de livrar a nação dos Yanomami, Guaranis, Xavantes, Ticunas, Caigangues, Terenas, Colonos, Negros, Mulatos, Cafuzos, e tantos outros da gestão fraudulenta.

Se existe um momento para darmos um grito de liberdade é esse. Se os Deputados Federais desejarem mesmo ressurgir do ilícito para a legalidade, esta é a hora.

O gesto transcende ao ato de demissão de um presidente, o gesto definirá a sociedade brasileira. A decisão dos deputados esclarecerá se temos ainda algum tipo de decência escondida no fundo da alma. Se os legisladores brasileiros possuem algum tipo de base moral resistindo dentro de mentes em decomposição, dentro da decadência ética imparável.

Até agora, fomos uma sombra de povo. Fomos uma vergonha universal. Fomos enganados por uma Esquerda Pérfida e por uma Direita Quadrilheira. As duas tendências, com suas extravagâncias ideológicas, deixaram uma herança maldita, um estigma que transformou um país inteiro, num grande bordel.

Hora de ressuscitarmos! Poucos têm uma segunda chance e nós vamos tê-la. Eleitor, você está sendo chamado para uma nova batalha, talvez a última. Hora de fincarmos o olhar de águia no Legislativo Federal. Hora de largar a preguiça cultural, hora de deixar de ser escravo, hora de deixar o prostíbulo para os cafetões se prostituírem sozinhos.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: