A farsa da Pátria Educadora desmorona

Parece que contra números não há ideologia, nem filosofia, nem fanatismo que se sustente. O assunto é Educação. Segundo o Ministério da Educação (MEC), de 10 escolas em Goiás, as seis melhores colocadas no ranking geral do MEC são de escolas militares, batendo as municipais, estaduais e federais. Isso representa dizer que a mentira tem perna curta mesmo.
No ranking, os educadores avaliaram que a disciplina e o respeito são pontos fortes na educação dos alunos. Na sala de aula não existe tempo para brigas e brincadeiras estúpidas.
Outro detalhe foi a pontualidade. Existe hora certa para tudo. No momento que o aluno se apresenta na escola até o horário de sua saída é importante saber que ele terá assistência necessária para atingir seus objetivos, porém será cobrado com responsabilidade.
E daí? Você achava mesmo que esta bagunça social comunista da Pátria Livre iria ser uma mágica na vida da sociedade? Quando você permitiu que intelectuais de almanaque tomassem de assalto o ensino no país, esperava que a permissividade, a noção infantil de liberdade e a filosofia tola de Freire fosse criar uma nova e revolucionária raça no planeta?
A Pátria Educadora trouxe para dentro da sala de aula a mesma ética que Lula implantou nos Três Poderes. Enquanto Lula passava como rolo por cima das pessoas e das instituições para estabelecer uma estratégia de poder continental, as crianças perceberam que ser do Mal e ser do Bem significa a mesma coisa.
Os jovens perceberam que a Pátria Educadora aniquilou com a inteligência adulta e todos se horizontalizaram e tomaram à força o poder das mãos dos professores que se acovardaram.
No meio do caos formado pela ruindade moral da Esquerdopatia que tomou conta da nação, o conteúdo escolar, como era de se imaginar, desceu à mansão dos mortos e não ressuscitou ao terceiro dia. E isso ficou claro na recente pesquisa. Os militares, que foram sistematicamente achincalhados pelos soldadinhos sindicais, centrais trabalhistas, ONGs oportunistas e partidos políticos perversos, finalmente se rebelaram e atingiram o inimigo bem onde eles achavam que dominavam. A Educação.
Uma prova disso é os números alcançados por alunos de colégios militares e as manadas de abobados oriundas da Pátria Educadora.  E o Enem colocou a pá de cal na boca dos linguarudos de foice e martelo, nos soberbos revoltados sem causa do trabalhismo “sindicário”, nas máfias de bandidos que assaltaram as ridículas empresas estatais que só têm dado desgosto e prejuízo para o cidadão, enquanto seus vampiros viveram a gosto sem controle, nem lenço, nem documento.
Será que existe ainda algum pai que vai entrar neste trem maluco inventado por Lula? Será que os números decadentes que as escolas do Pátria Educadora já são suficientes para mudar de vez o chip?
Tudo o que vem fácil, some na bruma do tempo, escorrendo por entre os dedos, sem que possamos impedir. Mas tudo o que exige o melhor do talento das pessoas, perdura e força o crescimento mental. Pais, exijam uma escola decente, totalmente diferente disso que está aí. Se informe sobre a metologia nas escolas militares e você vai perceber que seus filhos têm sido massa de manobra na mão de professores perigosos, de pedagogias perniciosas e intelectuais com intestinos estratégicos no cérebro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: