Lula, o traidor do PT é um Mandrake

Reconheço que Lula é especialmente um hipnotizador, uma espécie de  alienígena com poderes telepáticos impressionantes, pois só isso justifica que ele ainda esteja comandando o Partido dos Trabalhadores. E sua capacidade de iludir é tão poderosa, que diversos meios de comunicação, com jornalistas tolinhos ainda embevecidos de ideologias espúrias, se permitem ser usados como instrumento de estratégia política perniciosa à sociedade de qualquer país inteligente.

Depois de falar com o senador Paulo Paim, petista de raiz, petista daquele partido que nasceu puro, focado em melhorar o Brasil, percebo quanto dano Lula promoveu para a sigla. Paim é um diamante raro que conseguiu, mesmo sendo traído pelo PT do Rio Grande do Sul na última eleição para o senado e apunhalado por companheiros de trincheira se elegeu pelas mãos dos aposentados e idosos. E, acreditem, mesmo sendo petista, Paulo Paim permaneceu idôneo, moral, ético.

Lula deve tudo ao PT, mas ao invés de ser o guia de uma ideia, se tornou o tirano de uma legião de escravos de pirâmide (o Egito dos faraós não foi riscado da história ainda). Gente que carregava dentro de si a impetuosidade do guerreiro, a clarividência dos sofridos e o sonho de renascer de si simplesmente virou zumbi. Lula transformou esses guerreiros em marionetes.

Mas Lula não fez  isso sozinho, ele  precisava de uma elite. E criou o seu grupo de executores, uma espécie de Guarda Jihadista focada em, além de lamber o saco do seu Mulá, manipular as decisões tiranas de forma a lobotizar a estima dos companheiros. E o Falo de Garanhuns secou a alma das bases, tirando-lhes a dignidade em Deus e transformando a massa de preguiçosos úteis num competente Exército de Terracota.

Até há um tempo atrás eu preferia pensar que, num hora mágica qualquer, as bases petistas saberiam, finalmente, entender que foram apenas barro nas mãos de Lula e sua Guarda Jihadista, mas o dano foi mais sério do que eu pensava. Hoje, vendo as prostitutas petistas se postando de quatro ao látego do Faraó do Cariri, do Fechador de Portão de Fábrica e pedindo mais, penso que Lula e o Partido dos Trabalhadores se merecem em cada milímetro de suas existências mentirosas.

O poder de hipnose do Mandrake da Caatinga, do Professor Xavier do Jerimum Sindical continua gerando filhos dóceis e desprovidos de vontade própria, pois nascem sem bravura alguma, não há selvageria, há sim uma domesticação genética.

E sabe por que não acredito mais no Exército de Terracota? Porque eles ainda vibram com isso! Porque eles entregaram as portas do seu Céu íntimo de pensar ao Satã e permanecem felizes a cada palavra que sai da goela gosmenta de seu dono bilionário.

Então, na verdade, Lula nunca traiu o PT, porque não há traição na castração do boi, se consentido foi.

Um comentário em “Lula, o traidor do PT é um Mandrake

Adicione o seu

  1. O boi não consente é subjugado…e vou te dizer ,estamos todos envenenados , ignorados, desprovidos de todo e qualquer mínimo respeito de nós e por nós e para nós..

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: