Alguma dúvida que brasileiro é um povo fora da casinha?

Amigos, depois de ver e ouvir, quase que diariamente, Lula rindo da Justiça, da miséria e do povão brasileiro, e rindo até não poder aguentar mais, acredite, na última pesquisa para corrida presidencial em 2018, feita pelo Ibope, o pilantra consegue aparecer em primeiro lugar na intenção de votos. Não, você não está ficando maluco, mas seus parentes, seus amigos, seus colegas, seus companheiros, seus associados, seus filhos, seus professores, seus chefes, seus correligionários, seus parceiros, seus cliente, seus conhecidos e desconhecidos estão completamente fora da casinha.

Porque só isso consegue definir um povo que vê o país sendo destruído por uma quadrilha de pestilentos vigaristas dos mais variados partidos políticos e ainda, quando questionado, elegeria o seu cafetão que só distribui porrada enquanto você, prostituta, puta mesmo, indivíduo da vida, escravo mental da ignorância faz o programa e depois entrega o movimento do dia e da noite para seu protetor que lhe deixa alguns centavos para você comer e encher a barriga, sonhando esta vida como a que você merece.

Não é possível, o meu país não pode ter se transformado no prostíbulo que aparenta! O meu país é um perfeito país comunista. Sim, somos comunistas clássicos. Temos os líderes que pensam pela gente, temos os intelectuais crápulas que toda tirania ideológica tem, temos um Judiciário totalmente comprado, um legislativo contratado a verba de representação e um povinho assustado e totalmente capado de sonhos. Somos comunistas de carteirinha!

Em qualquer país decente e evoluído Lula, Temer, Aécio, Dilma, Sarney, Serra, Gilmar Mendes… Estariam presos por dano de ilícito e ético contra a nação. Mas somos o Brasil, o país que não tem amor próprio, o país que acha um jeitinho pra tudo, o país que tem uma história recheada de porcaria, um país que cospe para cima só pra ver o próprio rosto sendo atingido pela saliva venenosa.

Somos um país em que, politicamente, os homens são uns cagões, as mulheres não tem vontade própria, os jovens são vazios e tolos e os políticos são os donos de prostíbulos, onde a sociedade se sevicia ao bel prazer de seus donos.

É este país que ainda vota em Lula, em Aécio, em Maluf, Marina Silva (Dio Madona), Alckmin, Haddad, Gleisi Hoffmann, Lindberg Farias, Ciro Gomes? Um país que descobriu que se encostar num barranco qualquer e comer lavagem vale a pena vender o que resta de sua dignidade vendida? Só isso justifica que, em qualquer cenário apresentado ao leitor, Lula fica na frente nas intenções de voto… Depois de tudo o que se viu!

Em qualquer cenário apresentado ao eleitor, Lula fica com o mínimo de 35% e o máximo de 36% das intenções de voto. Bolsonaro aparece com 15% quando enfrenta Lula. E cresce para 18% se o ex-presidente for substituído por Fernando Haddad (neste caso, está empatado com Marina Silva).

Vem cá, sinceramente, vale a pena lutar por um Brasil nessas condições? Não seria melhor explodir o modo de vida brasileiro e livrar o planeta da gente?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: