Consciência

A consciência pode ser libertadora, mas opressora

Pode ser uma saída, ou uma prisão

Pode ser um punhal que fere a carne

Pode ser um alento em meio ao caos

Pode ser o próprio caos, em meio a um alento.

Pode uma ser ferpa que atormenta a mão

Pode ser uma luz que traga as trevas

Pode ser a treva que domina uma luz qualquer

Pode ser uma música linda e uma nota que desafina

Pode ser uma porta entreaberta, um muro talvez

Não importa o que seja… Mesmo que ínfima parecendo

Será, inevitavelmente, uma decisão íntima

Sem desculpas, sem remorsos, apenas responsabilidade florescendo.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: