Políticos e juízes não enfrentam o criminoso, apenas o crime

Você já pensou que o único que enfrenta, realmente o bandido, aquele que arrisca de verdade a vida, é só o policial. Só o policial! O único que entrega a pele no processo?

Políticos e juízes vivem num mundo paralelo, numa outra dimensão. Trabalham em fortalezas inexpugnáveis e na maioria dos casos, fortalezas onde o aluguel é por conta do contribuinte. De lá, do conforto, veem o criminoso de uma perspectiva absolutamente confortável, já que o crime não os atinge de imediato. Há o policial que arrisca a vida para isso.

Isso, entre outros fenômenos sociais, explica porque o Brasil está perdendo a guerra contra o banditismo, o crime organizado, o tráfico pestilento. Porque as pessoas que teriam a maior responsabilidade em combater o Mal se encontram confortavelmente instaladas e absurdamente pagas. Nenhuma bala de fuzil ricocheteia nas suas famílias, nos seus amigos, nos seus parentes. Já o policial…!

Políticos e juízes não enfrentam o criminoso, apenas o crime, e sempre de uma dimensão palaciana de elite, sempre guardada com conforto dentro do castelo do rei, nunca do ponto de vista dos vassalos, dos servos. E isso ajuda a explicar a razão do Brasil estar sendo engolido pelo caos de uma nação sem Estado.

Políticos e juízes são, da forma como o país está sendo conduzido, somente mais uma Organização Criminosa Paralela que suga o dinheiro público, como se estivesse cobrando taxas para um reino qualquer, onde o rei e seus nobres vivem acima da miséria alheia.

E quando vejo a ministra do Supremo, Carmen Lúcia, dizer em alto e bom tom que “Civilização se constrói com respeito ao ser humano”, percebo o quanto a magistratura está contaminada com o Mal. A frase deveria ser “Civilização se constrói com respeito ao ser humano bom”.

Mas deixa, que a Justiça mesmo vai  sentir o calor das balas quando o Estado sucumbir de vez. E isso está mais perto de acontecer do que se imagina. Nunca nossa democracia ridícula esteve tão próxima de desmoronar como agora. Porque quem é pago para fazer seu trabalho com ética, resolveu, ou se esconder em pequenos castelo feudais corporativistas, ou assumiu de vez ser confortavelmente cúmplice do crime.

Enquanto isso, os policiais carregam toda a culpa de uma Justiça medonha!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: