Um assassinato, snipers e uma natureza feroz

O Assassinato da vereadora do PSOL no RJ revelou, entre tantas outras coisas, uma impressionante quantidade de desatinados, irresponsáveis, incontroláveis, linguarudos, alucinados e criminosos. Chega a  ser alarmante o exército de snipers que empesta o convívio da informação nos meios humanos.

As estórias inventadas, as fábulas, as mentiras, as suposições e desejos desnorteados, as leituras doentias dos fenômenos sociais, as interpretações perigosas apenas por causa da vereadora ser de Extrema Esquerda, abafou o principal: o fato dela ter sido executada, junto com o motorista, sem dó nem piedade.

A isso cabe uma reflexão, uma necessária discussão, antes que se perca totalmente a capacidade de conviver em meio ao diferente. Há que se por um freio nessa capacidade incrível que as pessoas estão promovendo, de reagir à violência pura com uma fúria despropositada pura, descalibrada e vazia de Deus.

A vítima, no caso da execução carioca, passou rapidamente a ser merecedora dos projéteis, como se sua história tivesse sido óbvia e seu fim como ser humano tivesse mesmo que ser aquele.

O Brasil, infelizmente, está simplificando os atos de violência em análises que remetem segundos após o ocorrido ao plano ideológico. Friamente, de repente, assassinar alguém de forma covarde é possível! Da mesma forma que roubar e se corromper por ideologia passou a ser possível, agora matar por ideologia também o é.

O que se prioriza, principalmente nas Grandes Redes Sociais é o imediatismo do veneno, a enxurrada de opiniões sobre os acontecimentos, ao invés do olhar de amor. A fúria da palavra elimina o carinho e a saudável e inteligente dúvida. Estamos matando mais com a palavra descabida do que as balas com sua corrida letal.

Estamos nos transformando em algo feroz em si.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: