Moro, um juiz com pedigree

Moro está sozinho entre os seus. Luta solitário como um paladino que não encontra apoio nem entre sua própria classe de juízes que preferiu se acovardar diante da soberba alucinada do STF brasileiro.

Este, para mim, é o pior desastre jurídico da história nacional. Lamento que os juízes brasileiros tenham se posto de quatro categoricamente à violência ética provocada pelos 11 toga-pretas. E incluo essa covardia no silêncio perigoso e simbólico da OAB. Aliás, a OAB vive uma existência obscura, como poucas vezes. A OAB sumiu da vida nacional, talvez preocupada mais com a caça à jurisprudências milionárias do que com a Mãe Pátria que respira por aparelhos.

Moro, em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, afirmou que “rever a prisão após condenação em segundo grau seria um desastre e um passo atrás”. Moro não se esquiva e com coragem que deveria ter alguém que exerce o cargo de juiz, deixa a entender que o STF se diminuiu diante de Lula. Traduzindo em outras palavras, Moro apenas disse o que qualquer cidadão brasileiro, que tenha transcendido em inteligência sabe, que Lula tem os 11 magistrados nas mãos.

Eu gostaria que os juízes tivessem a mesma gana, o mesmo ímpeto, a mesma volúpia para lutar pelo Brasil, quanto têm para lutar por aluguel de graça, mesmo estando num país que beira à falência e o caos social.

Que os eleitores sangrem, ardam em dor, sintam o látego do carrasco nas costas e nas nádegas preguiçosas, se contorçam em agonia, porque temos mesmo é que aprender pela dor.

Enquanto isso, as colunas de prostitutas ligadas aos partidos políticos que arruinaram o ninho de mais de 200 milhões de filhotes, apostam justamente na memória infantil de brasileiros tolinhos e muito espertos.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: