O eterno paradigma que não muda

Bilhões em grana e tempo em demasia sustentam a explosão demográfica na África. Remédios, toneladas inimagináveis de comida, milhares de profissionais em todas as áreas afluíram para lá, OnGS se multiplicaram, campanhas que se tornaram já costumeiras, artistas fazendo músicas lindas para usar como fundo e comover apoiadores.
 
Entidades foram criadas aos montes para dar credibilidade aos oceanos de dinheiro que são sangrados diariamente em canteiros de refugiados, massas de estropiados que atravessam fronteiras fugindo do próprio tribalismo milenar, colunas de expatriados religiosos, sociedades que teimam em produzir atraso secular.
Mas, investir para diminuir a explosão demográfica imparável, não! Investir para ensinar a pescar, não! Investir para dar sustentabilidade a sociedades autopreserváveis, não!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: