Matar Deus não é o caminho

Quem ama, protege! Não há como fugir disso, não há preguiça nisso, qualquer relaxamento nessa parte, significa que o amor é mentiroso. Amar é proteger e pronto! E proteger é preservar a qualquer custo os valores da Casa e a herança ética de uma história inteira de vida.

Quem aí conhece os professores dos seus filhos? Quem aí sabe o que comentam, suas origens ideológicas, políticas, seus totens, suas noções de moral, suas visões da criação do homem? Pode um professor que não acredita em Deus ser instrutor da tua própria herança genética?

Largar os filhos na Escola como se estivessem obtendo tempo precioso para poder cuidar da própria vida profissional e pessoal é como colocar as mãos no ácido para limpar o esmalte. Dar poder aos professores para reconstruírem seus filhos e moldarem crianças e jovens à revelia do Lar é brincar com o perigo.

Nos últimos anos o que se viu foi um total desapego da Escola por parte de pais e o resultado nos transformou num país com os piores números internacionais. O aparelhamento ideológico e principalmente o assassinato de Deus pelo Estado eleito nos atrasou na história. E provocamos mal a uma geração inteira.

Eleger um Estado que mata Deus é fazer da vida um inferno existencial, é se entregar ao mal com as nádegas expostas à luxuria do Mal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: