Caça a Neymar com apoio da imprensa

Impressiona o número de especialistas em futebol admitirem que Neymar “provoca” as agressões e nunca os mesmos especialistas sequer cogitam de discutir a permissividade dos juízes com os atentados que o atacante sofre em campo, muito menos a violência sem sentido dos jogadores medíocres que, sem o menor pudor, flagelam o craque que cometeu a imprudência de ser talentoso. Assista Portugal e Brasil na copa de 66 e verás o que significa o tema “caçar ao invés de praticar um esporte da bola”. Pelé foi quase que crucificado em campo.
O drible é o que faz o futebol ser o que é! O drible é a melodia, o acompanhamento musical em campo. O drible é a criatividade, a arte em toda a sua plenitude. O drible é a oração de Garrincha e Pelé transformada em sinfonia tática.
É lamentável ver canais que vivem do futebol preferindo culpar a arte do drible e não a reação criminosa de seus orangotangos contra a finta, o truque, o chapéu, a caneta, o drible da vaca e tantas outras saídas espetaculares que só o futebol tem.
São gargantas letais e olhares ferozes de comentarias e narradores que preferem culpar a vítima do que condenar o predador. A culpa é do poeta das pernas por usar dribles estonteantes para sair de situações comuns no campo.
Chega a ser uma violência acadêmica a dos insensatos da língua ferina e do olhar facínora que justificam o atentado porque a vítima prefere utilizar caminhos da arte para jogar bola.
Juízes criminosos fazendo-se de cúmplices de atos terroristas e não há uma viva alma de comentaristas que ouse contestar por um segundo a capacidade anômala do árbitro de não ver as atrocidades pelas quais Neymar passa nos campos de futebol. Sendo que a primeira função de um árbitro em campo é proteger a saúde física do atleta.
Mas isso tem uma explicação: a violência já está assumida como condição incontrolável do ser humano. E segue a caça a Neymar, enquanto ele tiver saúde para suportar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: