Habitue-se consigo

Com o tempo, você vai ter menos paciência

Vai reconhecer um tolo só pelo cheiro

Vai saber o que dará errado, no início

Vai esquecer mais, não tem jeito

Vai olhar diferente, porque já treinou o mesmo olhar várias vezes

Vai exigir mais de si e do outro

Vai ousar menos e voltar pro ninho, amiúde

Vai prever coisas, por já ter estado lá

Vai precisar repetir fórmulas para aprendê-las

Vai rever heróis e bandidos, um será o outro, o outro será um

Aquilo que te enebriava, agora te envergonha

Vai ler mais, muito mais

Vai tomar remédio, na marra

Vai precisar de um Governo sustentável

Vai ter mais tempo para se conhecer melhor

Vai se machucar a qualquer hora

Vai, finalmente, ter mais noção de si e do entorno

E vai pagar e ganhar pelo que se permitiu ser.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: