Do ovo à borboleta

Tentando encontrar uma metáfora para o momento brasileiro, optei por uma das mais espetaculares metamorfoses do reino animal: a da borboleta. Sem queimar etapas ela, de ovo, vira larva, que vira pupa ou crisálida e, finalmente, explode em beleza e encantamento e sai beijando flores para levar vida ao entorno. No seu frenesi de febre existencial recém descoberta, ela carrega o dom de gerar vidas nas suas papilas, enquanto poliniza desvairadamente a natureza, porque será a natureza o seu maior significado enquanto borboleta.

Assim deveríamos sê-lo nós humanos, cidadãos: construir-mo-nos aos poucos, aprendendo em cada etapa com os erros admissíveis do aprendizado. Mas não, preferimos a soberba de nos acharmos invencíveis, mesmo não tendo todas as fases do conhecimento amadurecidas. Porque não temos paciência, porque nos contentamos com pouco, por conivência, corporativismos, preguiça, oportunismo, egoísmo e todas as mazelas, impossibilidades e culpas autoimpostas.

No momento que uma nação como a nossa precisa de adultos, grande parte deles está fazendo o caminho inverso: voltando a ser ovo, mas garganteando nas redes sociais como borboletas que não conseguimos ser. A borboleta se recolhe ao casulo e subverte a obra do Criador. E, evidentemente, a sociedade perde importante polinizador.

Por que, de repente, nos tornamos irascíveis defensores de ideias tão hipnóticas como maléficas nos números e nos fatos da vida? Por que essa dificuldade em reagirmos a nós? Por que voltar a ser ovo é tão desejável, se em nós palpita à revelia uma borboleta gulosa por compartilhar jornadas de forma saudável?

Ser ovo, ou ser borboleta. Permanecer sendo ovo enquanto poderíamos explodir em movimento decente pela natureza afora é uma decisão íntima, graças a Deus! E essa decisão nos acompanhará além da morte, porque ela é só um portal, nada mais que isso.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: