Quando o parasita faz greve…

O Brasil é uma figura como nação! Já nem dá mais para dizer que somos somente um país de Terceiro Mundo, porque isso virou uma realidade dolorosa, somos mesmo é uma sombra do que uma nação inteligente e moderna deveria ser. Teimamos em aceitar sem lutar que parasitas corporativos históricos nos algemem as mãos e domem nosso destino, levando-nos cada vez mais para o fundo de um poço sem fundo.

E quando o parasita faz greve porque não consegue mais sugar o sangue do seu hospedeiro, aí mesmo é que o mundo parece perder o sentido. A sanidade mental, o raciocínio lógico e as ciências exatas parecem ter sido queimadas em fornos nazistas por tiranos de almanaque e servos de ideias vis.

O que pessoas ainda não perceberam é que o parasita não pode comandar o hospedeiro, já que a sua função de existir é tão somente se alimentar dele e ganhar proteção dele. Aí o hospedeiro, numa congestão mental, numa preguiça suicida resolve se entregar ao parasita! Que baita exemplo que adultos estão dando às crianças!

Viramos uma sociedade que subverteu  a ciência e a própria evolução humana no planeta. O parasita social se transforma no administrador da casa, no gestor no negócio, no pastor da igreja, no padre, no Papa, no educador. O parasita, por ser mais organizado e tático se torna o próprio hospedeiro, confundindo, deformando, reformando, desconstruindo porque o hospedeiro já foi vencido pelo cansaço. E como o hospedeiro se cansa fácil!

Somos uma nação onde o parasita começou drenando a pele, depois os órgãos internos e, por último, o cérebro do hospedeiro. Por isso mesmo o hospedeiro brasileiro já não consegue mais ter um pensamento original. Ele precisa que o parasita pense por ele.

O pior é que estamos forjando gerações de parasitas.  Qual o problema maior? É que, logo, não haverá mais hospedeiro e os parasitas vão sugar a si, depois o ar, depois a vida no planeta. Mas, talvez, esteja aí a solução para eliminar o parasita de vez: matar o hospedeiro.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: