Poema de ser tolo

Posso ser um poeta e ser tolo, ser um gênio e ser tolo, ser um artista e ser tolo, um profeta e ser tolo, um mestre e ser tolo.

Posso ser milionário e ser tolo, ser miserável e ser tolo, ser amável e ser tolo, um sorridente e ser tolo, um doutor e ser tolo.

Posso ser super-herói e ser tolo, ser padre e ser tolo, ser um pastor e ser tolo, um editor de livros e ser tolo, um escritor e ser tolo.

Posso ser vítima e ser tolo, ser carrasco e ser tolo, ser juiz e ser tolo, um intelectual e ser tolo, um porta-voz e ser tolo, um mensageiro e ser tolo.

Posso ser formador de opinião e ser tolo, ser um poderoso qualquer e ser tolo, um filósofo e ser tolo, um engolidor de espadas e ser tolo, um cientista e ser tolo.

Posso ser operador financeiro famoso e ser tolo, ser um cego-surdo-mudo e ser tolo, um leitor assíduo e ser tolo, um totem espetacular e ser tolo.

Por tudo que vejo, só não posso ser tolo por desejar sê-lo. E morrer em vida desse desejo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: