O Direito torto do Bunda no Sofá

A nação brasileira está de luto! A sociedade apodrecendo a olhos vistos. O Bem sendo esfolado vivo por instrumentos vis, o Mal frutificando nos cursos de Direito nas faculdades e universidades brasileiras, os juristas descrevendo verdadeiras orações satânicas em forma de doutrina, que são usadas na maior cara de pau por juízes, desembargadores, ministros do Supremo para justificar decisões chapadas de ideologias, contratos pessoais, agradecimentos por cargos distribuídos por partidos políticos facínoras.

Deus está sendo fuzilado, queimado em fogueiras de vaidades, enforcado, extinto do cotidiano, via decisões jurídicas que fariam Lúcifer se chicotear as costas de vergonha.

Estamos vendo uma cultura nacional herdada de nossos antepassados sendo defecada e jogada no colo de crianças e jovens, ao mesmo tempo que criamos uma nova visão de ética plena de permissivismo, vícios de toda monta, relativismos nojentos, corporativismos criminosos.

Aqui, matamos um Jesus Cristo por dia. A cada hora um Gonzales Pecotche, um Abraham Lincoln, um Mahatma Ghandi, uma Joana d’Arc, uma Maria de Nazaré, são enterrados vivos por alucinações jurídicas destrutivas, corrosivas. Estamos de luto!

Toda essa qualidade de vida podre, fruto de escolhas lunáticas do eleitor Bunda no Sofá. Mas o Bunda no Sofá queria mais. Ele queria fazer um estupro barba, cabelo e bigode na Mãe Pátria E reelegeu, colocou no poder, na panela onde se criam as leis, que é o Congresso Nacional, operosos soldados do Mal, apenas trocou um que outro, mas a essência do vil permanece lá. E jogou um presidente no meio de uma arena cheia de predadores, exigindo que sua arena tenha a melhor gestão possível.

Perdemos o contato com conceitos milenares de ética para sermos um laboratório de experiência, onde nasce um Frankenstein por hora, um Paulo Freire por minuto, um Fidel Castro por semana, um Josef Stalin por quinzena, um Bin Laden por segundo.

No Brasil, Deus está de luto. E com jurisprudência confortável. Tudo porque o Bunda no Sofá não está nem aí, enquanto tiver um sofá para socá-la.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: