Os ‘malucos’ contra o Molusco

Você já leu o livro “A Bíblia Profana”, de Karl Max? Bem, leia! Lá você vai encontrar várias passagens em que o autor, deus e cafetão do Comunismo, ressalta a necessidade de “Acabar com a Família”. Por quê? Porque o Comunismo, o Esquerdismo, o Socialismo é isso mesmo em essência: a destruição do indivíduo enquanto cérebro único e insubstituível para ser um operário de uma engrenagem chamada Estado e de um único pensamento, o pensamento permitido.

Quando você é esquerdopata, em essência, você defende estes valores morais como verdades, mas, ardiloso e prostrado, precisa se esconder atrás de uma máscara e ela se divide em três: a Hipocrisia, o Politicamente Correto e o domínio total das Classes Pseudo Minoritárias, que são armas de defesa de um cérebro perdido de si. Nesse estágio temos então o soldado da ideia que nunca foi sua originalmente, obviamente. Dessa maneira o esquerdopata consegue dormir tranquilo. É como combater um corpo tomado pelo câncer com morfina.

Por que o “Perdido” está vagando como um asteroide sem rumo e colidindo em tudo que se lhe atravesse na frente, ricocheteando, permitindo ser manipulado e rebatido pelo universo a fora. O Comuno-Socialismo é o buraco negro da existência política porque sobrevive de sugar asteroides perdidos das próprias trajetórias e moldá-los para ser uma parede compacta contra o livre-arbítrio.

E como se faz um indivíduo se perder? A primeira e mais fatal estratégia: matar sua Família! Desligá-lo da cultura e dos valores do lar para desnorteá-lo e tornar uma pessoa num boneco de ventriloquista. No auge da implantação do Stalinismo, na União Soviética, na China de Mao, na Coreia de Kim Il-Sung, no Camboja de Pol Pot, milhões de pais foram delatados pelos filhos ao poder do Estado e sumiram da vida sem deixar rastro. Sem remorso algum!

Matar a Família é a principal arma do Esquerdopatismo. Vemos isso claramente na Educação brasileira dos últimos anos. Ao votar em partidos como PT, PCdB, PSTU, PSOL e mais alguns partidos parasitas, você defende que sua Família atual é descartável, que seus pais são ‘malucos’ contra o Molusco, seus avós são do Mal e por isso precisa de uma nova tutora: A Família da Ideologia da Culpa!

E você, como muitos hoje em dia, passa a defender ideias que nem sabe de onde vieram, conteúdos morais que nunca lhe foram passados pela sua Família surgiram no seu filtro como se tivessem vindo do nada e chegaram para ficar extasiando idiotas úteis.

Contra o Mal a defesa mais inútil é o silêncio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: