Quando o piá de bosta comanda o adulto

Tenho visto muita coisa nessa vida, acompanho a história do meu país há 61 anos. Os primeiros anos como observador, outros como um completo desconhecido, outros como lutador solitário que só olhava o umbigo e outros como um crítico. Porque, enfim, despertei, de tanto ver o ignóbil vestir-se de corrente política, partido político, viés, bandeira. Deixei então o piá de bosta para trás e passei a ver o meu país pela ótica do adulto que sou.

Então tive o desprazer de ver meu país sofrer um atentado após o outro. Ver crianças se transformarem em militantes de algo que nem conheciam. Vi profissionais simplesmente cuspirem na ética para defenderem aquilo que não se defende. Vi gente estudada confundindo alhos com bugalhos porque já não consegue mais raciocinar com lucidez, tal seu apego a uma doutrina de vida.

Hoje, leio verdadeiras idiotias de cérebros tão desviados do que seja uma interpretação coerente do fenômeno social que chego a desconfiar que o conhecimento seja mesmo, uma droga perigosa. Algumas pessoas conseguem mesmo me deixar boquiaberto tal é a ruindade da análise social.

Mas a vida é mesmo essa jornada onde seres vão e vêm, outros deixam algo bom, outros algo vil, outros passam sem ter vivido de tando viver para si. Outros se vendem por pouca coisa porque pouca coisa se consideram ser. E eu só posso lamentar, já que os tolos têm também direito à vida.

Mas de todo ser humano que eu conheci, dois me preocupam. O primeiro, o cara que pouco sorri. Pessoas que pouco sorriem me causam preocupação, porque escondem algo pronto para atacar. E o segundo, o cara que deixou o piá de bosta interior tomar conta do adulto que ficou para trás.

Nunca o Brasil precisou tanto do adulto como agora.

Nota: esse é um texto ficcional. Qualquer semelhança com fatos ou pessoas é mera coincidência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: