A Rede Social virou uma ETE

Impressiona a quantidade de coisas que saem do ser humano, via dedos no teclado, por causa do isolamento virótico. Parece mesmo que alguns, conseguem se superar na arte de se esvaziar momentaneamente, como quem solta um barro, como quem se alivia intestinalmente para voltar logo mais adiante a descarregar na sociedade coisas que de tão nocivas à inteligência, boiam…

Como nas Estações de Tratamento de Esgoto das cidades – as ETEs. Tudo que fede, boia, contamina, vai para lá. Lá, longe dos olhos da população, o esgoto das casas é tratado, isso onde há tratamento de dejetos.

Pois alguns opinadores amadores se especializaram em simplesmente descarregar suas substâncias fecais via dedos. E o fazem com “diarrética” compulsão. Alguns, parece mesmo, ao final, não acionam a tecla Enter, nem o mouse, mas teclam em seguida vão ao banheiro e puxam a descarga sem dó.

A parte boa disso é que as pessoas, através das Redes Sociais, conhecem mais as Estações de Tratamento de Esgoto. Elas são exatamente assim: o bolo fecal sai do organismo humano, vai ao sanitário, desce ao esgoto, entra nos canos que conduzem a massa fétida até as ETEs. Lá, passa por um tratamento químico e os líquidos retornam à natureza, os sólidos podem ser reutilizados inclusive para gerar energia.

A diferença é que a massa fecal que sobra da ação química de algumas opiniões nas Redes Sociais não serve para nada, a não ser aliviar um idiota e emocionar outro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: