Fenaj, uma Gestapo moderna

Definitivamente o jornalista brasileiro que presta está sozinho! Um guerreiro solitário sem cobertura alguma, luta sozinho contra inimigos poderosos. Nunca um profissional foi tão atacado na história deste país como está sendo o jornalista nos dias de hoje.

O aparelhamento ideológico das instituições nunca foi tão vergonhosamente explícito como nos dias atuais. Somos o resultado de anos da Esquerda no Poder. O atentado do STF contra o jornalista Oswaldo Eustáquio não encontrou defesa alguma em nenhuma entidade ligada ao jornalismo, porque o aparelhamento ideológico nelas se encarregou de servir como a lâmina de uma guilhotina pelega e estratégica.

Eustáquio, jornalista investigativo competente, foi quase degolado por jihadistas corporativistas de Esquerda travestidos de agentes de Justiça. Temos um STF perigoso, o que mostra que a estrutura de Esquerda que infesta a vida nacional não dá trégua. E cabe ao cidadão lutar por isso a partir do seu voto.

A Fenaj – Federação Nacional dos Jornalistas, se nivelou com a Gestapo Nazista, porque ao invés de defender o jornalista, ajuda a caçá-lo nas casas com ferocidade. Somos um ‘antipaís’, uma democracia falida, um poder tirano e corrupto canhoto que suga a vida nacional agindo com dolo absoluto.

Eleitor, vamos desinfectar nossa nação enquanto ainda temos uma nação, porque estamos sumindo dentro de um esgoto moral que não tem fundo. Claramente há uma guerra entre o Peleguismo de Esquerda e o Conservadorismo. Hora de escolher um lado e reestruturar a política nacional.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: