A idiotice do “Respeite as diferenças”

Que troço é esse de “Respeitar as diferenças”, se o outro lado apoia roubo, corrupção, liberação das drogas, crimes justificáveis, justiça parcial, sexo prematuro, educação militante, indisciplina, caos, parasitismo social, separação de classes, privilégios, estabilidade para uma minoria, criminalização da opinião, assalto ao bem público, destruição do próprio país, a morte de Deus…

Que confusão é essa de que valores morais universais tão antigos quanto a própria humanidade sejam vistos como entidades extraterrestres, de repente?

Valores são inegociáveis, não existe isso de “Respeitar as diferenças”! Estamos falando de Bem e Mal, não de discordância política apenas e forma de gestão do Estado.

A expressão “Respeitar as diferenças” é uma das tantas frases prontas que o esquerdopata sem limite dispara alucinadamente, sem um mínimo de critério. Critério, essa faculdade de discernir e de identificar a verdade; discernimento, razão.

Se a verdade, a razão estão contaminadas qualquer discernimento sobre elas é falso. Não importa o que o “Esquerda” use para se justificar, estamos falando de viver mentiras e fazer delas totens. E pior, ensinar esse lixo às crianças que serão a consequência natural do mestre.

Não é que somos ruins em critérios, somos ruins em conteúdo mesmo. O que está dentro pulsando deixou de ser verdades herdadas e treinadas, para ser uma forma alienígena que tomou conta do cérebro de uma tropa de otários perigosos a si e ao todo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: