Estamos sendo comidos vivos pelo Corporativismo

Está entre as principais razões da falência de estados e da quase falência da nossa nação. É a base da formação das famigerada máfias, das organizações criminosas que chuparam e continuam chupando o sangue da nossa Mãe Pátria sem dó.

O “Corporativismo”, essa chaga, esse câncer resistente, essa praga social, esse vírus mortal quase imortal que aqui no Brasil foi levado ao estado da arte. O “Corporativismo”, essa bactéria comedora de carne que está nos devorando enquanto tentamos nos livrar dela, coçando a pele ou olhando para o lado.

Uma forma mais simples de descrever o “Corporativismo” talvez seja: grupos menores carregados de tanto amor a si e aos seus íntimos, com um olhar tão voraz e egoísta, que desconhecem a própria vida dos arredores de si.

Então vemos hoje o corporativismo na Educação, nas Religiões, na Justiça, nas Profissões, na Ciência, no setor Público, nas Estatais, nas Indústrias, no Agricultura, nos Sindicatos, nos Conglomerados, nas Associações, nos Partidos, nas Artes (veja só)… Só não o vemos quando o alvo é o Brasil. Definitivamente não somos mais brasileiros, somos “Corporativos”.

Se os profissionais tivessem tanto amor pelo seu país, como têm pelos seus grupos íntimos, não teríamos chegado no fundo do abismo físico e moral como chegamos.

Estamos sendo devorados de dentro para fora, se você ainda não percebeu! Por nós mesmos! Colocamos a nossa ganância como prioridade, acima dos interesses do nosso ninho. Estamos perdendo nossa nacionalidade e nossa cultura, junto com nossa racionalidade.

Fazemos análises corporativas, temos atitudes corporativas, nossa ética é corporativa, nossa moral é seletivamente corporativa, inventamos até uma ciência corporativa que está conseguindo deformar a matemática, o cálculo.

Só esquecemos mesmo de uma coisa: que não estamos sozinhos e que há muito mais entre um céu mentiroso só nosso e o céu verdadeiro que cobre a todos. Os reflexos de nossas ações corporativas não ficam restritos a elas, mas são compartilhadas pelo todo. Isso está acima da nossa soberba e da nossa ganância. Isso é incontrolável!

E então? Quando vamos pensar no nosso país em primeiro lugar? Quando ele não existir mais?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: