Da cloroquina negada à vacina imposta

E entramos numa nova saga opinativa. Agora, no quesito saúde pública, já que vem por aí a vacina do país que presenteou o planeta com um vírus mortal que ceivou a vida de mais de 1,1 milhão de pessoas pelo globo em pouco menos de 1 ano da pandemia.

A meu ver, a ironia das ironias: a China que, por pura irresponsabilidade e descaso social típico de países comunistas, escondeu dos demais países um ataque viral dessa magnitude, pode ser a primeira nação a apresentar uma vacina, saída sabe-se lá de onde, sem a devida auditoria e testes científicos críveis?

E agora, Brasil? No país que por ações corporativas eleitoreiras, políticas, médicas, jurídicas, midiáticas, científicas, negou-se unilateralmente a substância antimalárica e antirreumática hidroxicloroquina como medida preventiva antes do desenvolvimento da Covid-19, como exigir que uma população inteira seja cobaia de laboratórios chineses?

Agora sim é que vamos precisar de médicos com senso médico superior. Vamos ver a mesma posição furiosa contra a hidroxicloroquina, que desconsiderava até resultados cotidianos verdadeiros nos hospitais do interior do Brasil, defendendo uma vacinação em massa como querem alguns?

Falará mais alto a soberania nacional, a honestidade de classes profissionais daqui, o interesse politiqueiro de grupos com foco no poder, a militância esquerdopata nojenta, os interesses estrangeiros em alterar a geopolítica nacional…?

Dias interessantes vêm por aí! É no caos que aparece o melhor e o pior do homem! Fora disso, somos apenas máscaras sociais protegendo o próprio umbigo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: