Carta-poema à minha governadora

Cara Daniela!

Sim, quando os bons deixaram o silêncio de lado, o mundo ficou melhor. Porque você é mulher, porque você é guerreira, porque você carrega dentro de si um sentimento verdadeiro de amor a Santa Catarina e ao nosso Brasil, a própria natureza social acaba reescrevendo a história e colocando os pingos nos “is”.

Acredite, o catarinense, renascido como cidadão das cinzas da passividade, agora tem na verdade, uma líder com pedigri. É a mulher catarina mostrando a que veio. Se foi o tempo para experiências, porque já sabemos que a experiência social que a Esquerda Nociva brasileira produziu em território nacional levou uma nação quase à bancarrota e uma geração de jovens de volta à Idade Média. Dê, como mulher, como líder de um estado trabalhador, um aviso certeiro contra a corrupção. E sei que isso está pulsando no fundo do seu coração.

Escolha bem seus oficiais de campo, sê vigilante, seja a líder que carrega junto a tropa para o combate, sê gestora, comova seus braços direitos como Jesus comoveu seus apóstolos.

Sinta-se abraçada com carinho, sinta-se não estar sozinha, sinta que flui pelas estradas barriga-verdes o aroma de esperança, como os que tem, o olhar da criança que olha para cima enquanto se alimenta do peito da mãe.

Força, garra, escreva o seu nome na história, já que foi a história que a colocou no lugar mais importante desta nave chamada Santa Catarina. Na nau que comanda a vida, não somos o leme, nem as velas, somos o capitão dela.

 

Um comentário em “Carta-poema à minha governadora

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: