Lutamos por algo maior que ideologia política

O problema das polarizações, muitas vezes acaloradas, outras apaixonadas, outras ainda duras e outras chegando a fervorosas defesas de paradigmas consolidados tem, por mais estranho que possa aparecer, razão de existir.

Porque estamos sob ataque não de uma ideologia política, de uma forma de fazer gestão social, mas pior, de novas maneiras de pensar limites morais. Ora, limites morais não se discute. Desonestidade, corrupção, indecência, mal, bem, são conceitos com mais de 6 mil anos de existência. Mudando um pouco ali, um pouco acolá, são padrões de pensamento que podem ser colocados na balança pois já conhecemos suas fronteiras e sua ética. 

A sociedade, não só brasileira, mas mundial, está se vendo assolada por padrões de comportamento que não podem ser admitidos nas relações humanas, se pensarmos na evolução do pensamento. Acho que ninguém estava preparado para isso, mesmo com todo o conhecimento adquirido nas últimas décadas. O fenômeno da rede social de computadores acabou por expor claramente a dificuldade enorme do ser social analisar os fatos do cotidiano com clareza e lucidez.

Há uma confusão enorme de olhares míopes sobre o fenômeno social, tudo porque ousamos tentar redefinir conceitos milenares de conduta social e não nossas realidades e os efeitos que elas causam sobre a sustentabilidade da vida no nível racional. O próprio Pecotche, pai da Logosofia, pediria socorro se hoje visse o que acontece no “Modern way of life”. 

Não é o método nosso problema, é a essência. Ela está em perigo! E quando isso acontece, qualquer método já nasce decadente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: