E o Brasil supera o vírus chinês e os inimigos internos

O Brasil deixa a recessão na qual esteve enfiado durante a pandemia do novo coronavírus, com a economia crescendo 7,7% no terceiro trimestre em comparação com o segundo. As informações foram divulgadas pelo IBGE nesta semana.

As boas notícias ainda sim não compensam as perdas que o país, assim como boa parte do planeta, teve com o alastramento irresponsável e criminoso de um vírus letal ainda coberto de origens cinematográficas dentro do corrupto e tirano comunismo chinês, mas dão alento.

Sentindo o golpe que imobilizou praticamente a sociedade nacional com o lunático “Fica em casa, que comida nasce em supermercado”, o Brasil entrou em recessão a partir de junho deste ano, fazendo com que o governo tomasse ações extremas para evitar o caos e acionasse a maior distribuição de renda da história moderna ao bancar renda mínima para os mais frágeis setores da população.

Em meio à vergonhosa e insana guerrilha doméstica contra o país implementada pelo STF, Congresso Nacional, Imprensa Nazista, Rede Social Militante, Alto Clero da Igreja Católica e a Academia Comparsa ainda fanatizados pela Esquerda Nacional, o Brasil conseguiu de maneira surpreendente ainda chegar ao fim do ano chinês com a feliz notícia de estar se recuperando. E ainda viu um país se tornar um canteiro de obras espetacular como há muito não se via.

Nada melhor que um Brasileiro para ressuscitar dele mesmo. Olhemos 2021 com otimismo porque nosso horizonte se descortina com as cores da esperança.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: