Tratamento precoce virou tabú entre os militantes do estetoscópio

Quantas mortes ainda serão necessárias para que parte da classe médica deixe de combater o tratamento precoce de um vírus, mesmo sabendo que, onde foi aplicado um tratamento deu resultado?

A impressão que dá, e isso fica mais saliente a cada dia, é que há sim um desejo nocivo nas relações hospitalares, empresas produtoras de remédios, redes de médicos associadas, militantes de UTIs, presidentes de associações médicas, asseclas de interesses ideológicos, um STF criminoso e governadores insanos para produzir um caos social oportuno.

Médicos simplesmente resolveram apostar no caos para registrar seu ego na sociedade, mesmo deixando morrerem milhares de pessoas, enquanto negam o direito do cidadão tomar medicamentes que estão efetivamente salvando vidas.

O que aconteceu com os advogados, via falência política moral da OAB, infectou a classe médica, de forma geral e definiu o destino de milhares de infectados que se transformaram em números aceitáveis de óbitos.

Um escândalo! Uma deformação do juramento de Hipócrates! Diz lá no meio do velho juramento “A ninguém darei por comprazer, nem remédio mortal nem um conselho que induza a perda”. Demonizar um tratamento precoce que salvou e salva vidas é o quê, senão aconselhar a indução da perda? E o que dizer do juramento atualizado que cita “Respeitarei a autonomia e a dignidade do meu paciente; guardarei o máximo respeito pela vida humana”? Ficar divagando e satanizando ações de cura que comprovadamente estão resultando em vidas salvas dentro da pandemia do Vírus Chinês é o quê, senão priorizar ego em detrimento à vida humana?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: