A poesia nociva por trás de ideias vis


O Socialismo começa com um discurso ilusório populista extremante delicioso e poético até se tornar uma realidade ilusória doentia. E quando essa realidade grotesca se torna física, através do desejo esquizofrênico do eleitor hipnotizado, a realidade verdadeira, a única legítima, aquela que estava estrategicamente escondida da inteligência social se derrama inevitavelmente como a tsunami que sempre foi.


Nosso Congresso, nosso Judiciário, nossa Educação, nossa Corrupção inoxidável, nossa Arte, são apenas os escombros que sobraram dessa passagem tsunâmica que foi a Esquerda brasileira no poder.


Incrível ver que os erros ainda permanecem os mesmos apesar das provas de dor e angústia, dos números sanguinários que o cotidiano político deixou como pegadas de dinossauro cravadas na lama eterna! Incrível!


Como seres humanos conseguem se doutorar em repetir burrices umas após outras é de deixar qualquer cérebro ainda que parcialmente operacional em colapso. Essa capacidade de errar com o próprio sangue e o sangue dos seus se esvaindo faz repensar muita coisa. Uma delas é como o único animal com inteligência dentre todos os seres de um planeta, no caso terráquio, o homem, facilmente se nivela com o vazio de uma pedra sendo rolada pelo vento no deserto numa direção sem direção através de gerações.


O Socialismo é a prova inconteste de como a inteligência individual é engolida pela estratégia de poder tão imbecil quanto feroz. No fim, ele se alimenta da pobreza de raciocínio, da fragilidade da qualidade do pensar. Então, por exemplo, desarme uma população porque ela armada é perigosa!

Escombros, somos escombros ainda! Falta muito, mas reiniciamos uma jornada enquanto nação. O que é pouco, já é muito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: