Quer ser líder e sofrer menos?

Liderar, é sempre um exercício fervoroso e metódico de produzir bile! Mas não precisa sê-lo e tudo parte de um momento, o chamado “momento de ouro”. E ele surge no início da relação líder/liderado. É ali, no primeiro instante, no primeiro encontro que está a chave para sofrer menos.

Jogue limpo

Guardadas as devidas proporções, liderar é como educar um filho. Você educa no início, onde a competição é pequena, depois os filhos vão encontrar outros referenciais e pai e mãe perdem o privilégio de serem únicos. E educar é estabelecer parâmetros específicos de moralidade ou limites. Então, como líder, no primeiro contato, quando o liderado está “de sangue doce”, algo como um “livro vazio”, vamos assim dizer, marque o território com personalidade. Estabeleça limites, seja claro sobre as regras que são obrigatórias naquele ambiente. Deixe explícito que aquelas regras não são discutíveis. Se não compreenderes isso, vais sofrer como líder.

Comunicação olho no olho

Comunicação é a porta da alma, seja claro, repita, repita, repita. Repetir é treinar, lembre-se! Diminua o mais que puder o medo que seu liderado terá de dizer que não compreendeu. Nunca é culpa dele, mas sim tua! E isso se diz com os olhos, não com as metodologias e parafernálias eletrônicas. Se não compreenderes isso, vais sofrer como líder.

Compreenda o mapa mental do indivíduo

Não existe ser humano igual ao outro dentre todos os seres que nos antecederam e os que ainda virão. Parece algo ridículo de óbvio, mas acredite, a maioria dos líderes esquece disso, principalmente quando se encontra acuada por metas. Ora, se seres são diferentes, o mapa mental de cada um é diferente. Mapa mental é a forma que a pessoa decodifica o que vê ou vivencia. Irmãos gêmeos são diferentes na forma de compreender! Entenda o jeito da pessoa compreender e se adapte rapidamente usando metodologias únicas para cada um deles. Isso vai criar Rapport! O que é Rapport? “Rapport é um conceito do ramo da psicologia que significa uma técnica usada para criar uma ligação de sintonia e empatia com outra pessoa”. A raiz da comunicação eficiente é o Rapport. Mas se você não consegue compreender as especificidades do Mapa Mental humano vais perder oportunidades que muitas vezes serão únicas. Se não souberes detectar o mapa mental do indivíduo, não vais encontrar os atalhos necessários para convencê-lo e por isso vais sofrer como líder.

Esclareça os limites da relação no ambiente de trabalho

Deixe claro que, sob a tua liderança, algumas atitudes jamais serão aceitas. Isso, de cara, estabelece uma zona de segurança muito bem demarcada e o teu subordinado vai se sentir mais seguro, sabendo exatamente as características do ambiente onde está entrando. É como entrar num campo minado em que você já sabe a localização das minas. Não permitas que alguém sob tua liderança pise numa mina porque não sabia o local onde ela estava.

Aja de acordo com o que falas

Seja um líder-verbo, não líder-substantivo. Liderança é um ato físico, sempre! Esteja na ponta da lança, não comandando do alto da montanha, num lugar seguro. Líder usa o medo como arma. Seja reconhecido pelo seu time imediatamente como sendo um fruto que não cai longe do pé. Jamais permita que se forme um espaço intransitável entre tua liderança e o time. Saiba ressignificar quando e como isso aconteceu. Corrija rapidamente. Se não o fizeres, vais sofrer muito como líder.

Saiba detectar o Ladrão de Energia

Em qualquer agrupamento social, por menor que seja, você sempre vai encontrar o Ladrão de Energia. É o sujeito que consome tudo e a todos no ambiente profissional. Ele respira uma atmosfera chamada “Reatividade”. Pois este cara é o câncer maligno dentro da célula de trabalho. O reativo é um sub-produto muito comum da Pátria Educadora, então conhecimento científico significa absolutamente nada, se o profissional em questão tiver um caráter ruim. E é esse indivíduo que irá destruir a tua liderança e a empresa onde vocês dois trabalham. Isole-o e se livre dele com rapidez! Dê feedbacks ao Recursos Humanos. Se comunique com os contratadores, converse com eles. Falem a mesma língua. Se você não o fizer, vais sofrer como líder.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: