A dor cubana, parece, resolveu gemer

Tardou, mesmo com o controle ferrenho do estado comunista, onde a liberdade individual é crime, o cubano (ou parte dele) parece que resolveu gritar a sua revolucionária agonia. É lógico que está armado apenas do seu berro de dor, já que para a Esquerda, arma na mão do cidadão é perigo para “a nociva revolução”.

O comunista é um desafio para a inteligência social, já que mostra como a imbecilidade pode ser forte a ponto de transformar gente em animais domésticos. Ele é o animal de pet clássico, porque depende exclusivamente de algo que não está nele, já que o que havia, mesmo pouco, foi exterminado confortavelmente.

A pandemia comunista chinesa, veja só a ironia, matou a única coisa que mantinha Cuba funcionando: o turismo! Não é irônico? Aliás, o Esquerda é uma lástima sob qualquer ângulo que se possa analisar. Seu nível de covardia mental ultrapassa a lucidez de longe, por isso é o eterno escravo, vítima de alguém, de algo. É ali onde ele se esconde para fugir de si mesmo e acaba então expondo como uma ferida aberta a sua famosa estima baixa.

Viva la nueva revolución!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: