Crônica de sinônimos

Chega a ser… Bizonho, ridículo, lunático, doentio, vexatório, mesquinho, insultante, indigno, sórdido, rasteiro, execrável, desastrado, o sujeito que, por tudo o que se vê na realidade, pela situação que o país passa, pelos fatos, pelas verdades inoxidáveis que pulam ao nosso redor, acreditar que Lula está na frente de “pesquisas” alugadas e fabricadas com esmero por institutos tão pelegos quanto os fanáticos que fazem programa para o grande Cafetão de Garanhuns.

Incrível como pessoas se submetem a isso nas redes sociais. É lamentável como elas se diminuem, envergonhando familiares e amigos apenas porque não possuem a coragem e a luz de fazer uma reengenharia mental e dizer “eu estava errado”, “eu fui feito de otário”, “eu traí o meu país porque optei por ser um covarde mental”. Essas são frases libertadoras, frases que trazem dentro de si ferramentas poderosas que derrubam qualquer parede feita de paradigma.

Como o ser humano pode descer tanto, afundar tanto, desmoronar tanto, alugar tanto de si, sucumbir, decair, destruir a si, manchar sua trajetória apenas porque não consegue mais se ver como ser transformador! Triste isso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: