A venturosa entrada da Jovem Pan no teatro da guerra da informação

Não era sem tempo! Sabe aquela máxima da qual o jornalismo brasileiro se alimentava: “Quanto mais sombrio, mais o cidadão se interessa”? Bem, isso, como tudo na vida, está mudando. A entrada em funcionamento da TV Jovem Pan é uma prova disso.

Uma das pouquíssimas empresas de comunicação com ética evoluída no sentido de respeitar o direito do cidadão de ter uma informação lúcida e conectada com o fenômeno social adentra o teatro da guerra comunicacional, em tempos de confusão mental, culto à fofoca e ao fake news, endeusamento do viés sobre os fatos.

Aprecie, você vai notar que a tragédia da qual o velho e caduco jornalismo parasita está com os dias contados. O Brasil que vem superando os desafios de uma pandemia comunista e o ataque inoxidável, incansável da ideologia nociva de Esquerda começa a ser mostrado. Uma esperança agita a bandeira no alto de um campo de batalha. Não, nós não morremos, ao contrário, ressuscitamos.

A pandemia chinesa deixou milhares de corpos, muitos sem o direito de ter familiares dando o último adeus com dignidade, o sistema comunista irresponsável mostrou em toda a sua plenitude, o seu conhecido desprezo pelo fator humano.

No meio do peleguismo jornalístico, dos mercenários da informação, no meio do descrédito da população com a Velha Imprensa, surge uma luz no fundo do túnel. A TV Jovem Pan avança por um campo minado mostrando que é possível sim viver à Direita do que é lúcido, do que é evoluído, do que seja uma sociedade inteligente e que “aprende com os erros”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: