Um poema Fred Mercury

Não importa o que você passou ou está passando, não importa os buracos por onde andou, as dores porque sofreu, as pedras que carregou, as mágoas que engasgou, o medo que te tragou, a fúria que te engoliu, as feridas que te abriram, as lágrimas que lhe caíram, a mentira que lhe contaram, a droga... Continue lendo →

A universidade do Lula e as formigas

Uma universidade que promove palestra com Lula é o quê na ordem do dia? Respondo. É um belo retrato do que se ensina nas universidades brasileiras. E também ajuda a explicar a ruindade do aluno brasileiro quando comparado com países chamados de Primeiro Mundo e também Em Desenvolvimento. Temos apenas duas universidades entre as 400... Continue lendo →

Moro, um juiz com pedigree

Moro está sozinho entre os seus. Luta solitário como um paladino que não encontra apoio nem entre sua própria classe de juízes que preferiu se acovardar diante da soberba alucinada do STF brasileiro. Este, para mim, é o pior desastre jurídico da história nacional. Lamento que os juízes brasileiros tenham se posto de quatro categoricamente... Continue lendo →

Timóteos, Chicos, Fernandas, Caetanos…

É uma judiaria o que fazem com o artista no Brasil, quando pedem sua opinião sobre política e sobre seu próprio país. Ora, a última pessoa a ser questionada sobre a vida nacional é justamente o artista. O artista vive numa outra dimensão, bem distante de tudo o que é realidade, e principalmente, sobre gestão... Continue lendo →

Um assassinato, snipers e uma natureza feroz

O Assassinato da vereadora do PSOL no RJ revelou, entre tantas outras coisas, uma impressionante quantidade de desatinados, irresponsáveis, incontroláveis, linguarudos, alucinados e criminosos. Chega a  ser alarmante o exército de snipers que empesta o convívio da informação nos meios humanos. As estórias inventadas, as fábulas, as mentiras, as suposições e desejos desnorteados, as leituras... Continue lendo →

Arma é coisa de macho apenas

A síndrome de caubói que atinge, principalmente, os modernos homens brasileiros é de meter medo e projetar um futuro onde tiros serão tão comuns como pipocas num parque de diversão. É o desejo infantil por portar um trabuco, para se defender de um fantasma qualquer. Chega a ser estonteante a pressão de algumas entidades, de... Continue lendo →

A praga do populismo

Você certamente tem ouvido muito ultimamente o termo "populismo" na política. Ele tem sido a tendência na formação do novos políticos nos últimos anos. Nada vivificou mais do que o populismo como estratégia para arrecadar votos e fazer o poder mudar de direção. No Brasil, vivemos o populismo de Esquerda, fomentado por Lula que, após... Continue lendo →

Poesia do “de soco, não”!

Ora, você não entra de soco numa relação duradoura Você não come nada, de soco Você não se atira em nada que não conheça, de soco Você não compra nada, de soco Você não investe em nada, de soco Você não engole nada, de soco Você não lambe nada, de soco Você não bebe nada,... Continue lendo →

WordPress.com.

Acima ↑