Marcar peles e sorrir como humano

Parece-me, cada vez mais nítido, que o conceito de decência está irremediavelmente morrendo de hemorragia. Fizemos um corte pequeno no pulso da Ética para vê-la morrer devagar, sentindo a vida sumir pelo chão, enquanto se observa impotente a derrocada da existência humana. É dessa maneira que resolvi tratar o assunto dos animais que marcaram a... Continue lendo →

WordPress.com.

Acima ↑